A motivação desmotivacional no mundo do Desenvolvimento

E então você, Developer super antenado(a), lê sobre os melhores frameworks e práticas do mercado… e se empolga. Mas quando chega no trabalho precisar dar suporte para IE7

Sim, uma nova solução sensacional surge todos os dias no mundo do desenvolvimento, isso é bom pra caralho e ninguém vai me convencer que não, mas causa um efeito colateral muito chato…

Nem todas as pessoas podem aplicar essas coisas no dia-a-dia

Esses dias recebi o seguinte comentário no meu site:

Felipe, uma dúvida cara, eu utilizo muito bootstrap pois eu faço muitos sites empresariais, e institucionais utilizando Wordpress… e construiu um tema que utiliza o Bootstrap 4, e em questão de praticidade, algumas coisas prontas como slider, breadcrumbs, paginação (entre muitas outras) que ele já me oferece deixa meu ‘desenvolvimento’ muito mais rápido… e claro que eu posso estilizar essas coisas com meu próprio CSS. Eu vejo muitas coisas que você escreve pela comunidade e acompanho sobre outros framework css como LOST, BULMA entre outros… Você acha que tem problema eu continuar utilizando o Bootstrap principalmente para esses ‘sites’ que desenvolvo pois acelera muito o processo?

Se atentem que claramente é o caso de alguém que se atualiza e estuda, mas usa ferramentas que não são “bem vistas” pela comunidade para agilizar o seu trabalho.

Eu respondi:

Mano, são sites institucionais. Se isso deixa seu desenvolvimento rápido e você mantém qualidade na entrega, continue assim e não encana.

Simples né? Não, não é.

A validação mental e o Desenvolvimento

Se você se atualiza e está por dentro das coisas que acontecem no mercado, com certeza segue developers no Twitter, acompanha vários sites e blogs e acessa diariamente a Comunidade Front-End Brasil no Github (😻).

Sendo assim, conhece os frameworks recomendados, as melhores práticas e também as ferramentas que não são bem vistas pela comunidade.

O problema é que se você não consegue desenvolver da forma gostaria e ainda usa frameworks mal vistos no mercado, isso pode gerar uma ansiedade da porra e até mesmo culminar na tal Síndrome do Impostor.

E como resolver esse problema?

Primeiro de tudo… entenda o que sua empresa faz, como ela espera ganhar dinheiro e para que serve seu trabalho dentro desse universo.

Saiba que boa parte dos frameworks do mercado foram feitos para desenvolver produtos e aplicações, e se você desenvolve sites institucionais e precisa entregar em três dias, dificilmente fará sentido usar essas soluções.

Isso pode ser surpreendente no mundo com milhares de coisas para estudar, em que developers vivem, mas…

  • Jade? Pug? Nunjucks? Halm? É apenas… **HTML
  • Stylus? Sass? Less? PostCSS? CSS Modules? Acredite… é **CSS
  • React? Angular? Vue.js? AngularJS? Ember? TypeScript? Inacreditável, mas sim… é **JavaScript

O que isso significa?

Simples… estude a base!

Aprendendo a base do desenvolvimento, a curva de aprendizado vai ser bem pequena, e você terá fluência em qualquer hype do mercado em poucas semanas.

Mas como praticar se me falta tempo no trabalho?

Alguns anos atrás escrevi um artigo chamado Aproximando seus estudos de cenários reais — Sobre aquela velha questão de Teoria x Prática e como solucionar isso que fala exatamente **sobre isso. **Recomendo fortemente a leitura.

A melhor forma de aplicar os conceitos e técnicas que você esta estudando, mas não pode usar no trabalho, é participando de projetos open-source e existem milhares deles esperando sua ajuda.

Evite que a motivação e vontade de utilizar novos frameworks e técnicas, vire ansiedade e por consequência vire desmotivação.

Se atualize, estude, teste, brinque e esteja preparado para agarrar as oportunidades quando elas aparecerem. E acredite, elas aparecerão 😉

Nóis.